MERCEDES BATISTA: PRIMEIRA BAILARINA NEGRA DO MUNICIPAL

 

No mês do samba, comemorado no dia  2 de dezembro, Literatura é bom pra vista só vai de bambas. Primeira bailarina negra do Teatro Municipal, Mercedes Ignacia da Silva Krieger (1921-2014), mais conhecida como Mercedes Batista, foi empregada doméstica, trabalhou em gráfica, fábrica de chapéus para se sustentar a sustentar seu sonho de dançar. A bailarina e também coreógrafa é considerada a maior precursora do balé e da dança Afro no Brasil. Nos anos 50 fundou o Ballet Folclórico Mercedes Batista.

Em 1960, foi a carnavalesca da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, com tema sobre Quilombo dos Palmares. Em 1969, Mercedes criou, coreografou e dirigiu o espetáculo “Tropicalíssima”, apresentado em Lisboa, Portugal. Nos anos setenta, tornou-se professora da Escola de Dança do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, ministrando a disciplina “Dança Afro-Brasileira”.

MERCEDES 1

 

Fotos: Internet

Anúncios

2 comentários em “MERCEDES BATISTA: PRIMEIRA BAILARINA NEGRA DO MUNICIPAL”

  1. Gente! PELO AMOR DE DEUS! A primeira foto que ilustra essa matéria NÃO É de Mercedes Batista!
    A moça da foto, branca, é EROS VOLÚSIA, grande bailarina, precursora de Mercedes que deu aulas de danças populares afro brasileiras e formou os primeiros bailarinos negros para espetáculos turísticos no Cassino da Urca.
    O erro cometido é crasso. Existem dezenas de fotos de Mercedes na rede.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s